Retratos da Fé

Registrar manifestações de fé de diferentes religiões e regiões aconteceu por acaso na minha trajetória fotográfica em busca de tudo que iguala as diferenças, despertando nossa humanidade, talvez pelo profundo respeito que tenho por aqueles que não duvidam e se entregam confiantes às práticas e ofícios da espiritualidade. Mais uma vez, as tradições e hábitos de diferentes países e culturas se assemelham em conteúdo e intenção, embora aparentemente possam se distanciar em forma e manifestação.

A fé é talvez o mais genuíno sentimento do ser humano, que busca apoiar-se na dimensão mágica diante dos desafios e dificuldades que a história nos propôs e propõe. Seja para aceitar seu destino sem sofrimento ou na tentativa de modificá-lo através da intervenção divina, a humanidade tem criado e recriado seitas e religiões que muitas vezes encantam pela beleza dos rituais e pela profundidade dos conceitos, mas que também muitas outras vezes surpreendem por sua capacidade de afastar o homem de sua real vocação de divindade, afastando-o de si mesmo e dos seus semelhantes.

A série Retratos da Fé pode ser entendida como uma prece pagã por um mundo mais justo e solidário, em que a magia e a divindade sirvam à compaixão, à profunda compreensão do outro e à irmandade resultante desta condição de iguais perante o universo: iguais em desimportância, iguais a serviço da vida que segue.

Faço fé que assim seja.

indu-site

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*